Home » História

O Vozes das Comunidades da Vila Prudente nasceu no segundo semestre de 2013. Fundado pelo estudante de jornalismo Cesar Gouveia, o blog tinha como objetivo oferecer obter informações sobre as favelas da Vila Prudente e oferecer das favelas para quem não reside nelas, sem com o objetivo maior de empoderar jovens e moradores das favelas do bairro.

O início foi com um blogspot intitulado como “As Vozes da Vila Prudente”, o layout era bem simples, contendo apenas poucas informações sobre o bairro, as favelas e sobre o fundador.
Em 2014, o Vozes começou a procurar voluntários, pois a demanda estava crescendo, visto que com o alcance ganhado no Facebook o portal estava tendo muitos acessos. Foi, então, que chegou para somar a jovem Mayris Costa. Desde 2014, o Vozes vem a cada dia criando mais empoderamento e fortalecimento da cidadania.

Em 2015, segundo ano de atuação do Coletivo, iniciou-se as edições impressas. A primeira edição do jornal foi impulsionada por amigos, pequenos empreendedores da favela da Vila Prudente e vaquinha on-line; essa edição contou com 3 mil exemplares que foram distribuídos nas comunidades do bairro e das redondezas. Ao todo foram impactadas aproximadamente 30 mil pessoas.

No mesmo ano foi produzido a 2ª edição do jornal que contou com 3 mil exemplares também distribuídos nas favelas e nas redondezas da Vila Prudente, alcançando mais 30 mil pessoas. Nesta edição, um dos entrevistados ganhou visibilidade e foi entrevistado como “Empreendedor da Quebrada” pelo jornal impresso Diário de SP.

Além dessa pauta, outras pautas também ganharam visibilidade após serem reportadas pelo Vozes como, por exemplo, a reforma da única quadra pública da região, a necessidade da instalação de um ponto de ônibus coletivo na principal rua da favela da Vila Prudente, entre outros. O Vozes das Comunidades da Vila Prudente ainda no final de 2015 foi selecionado pela Brazil Foundation para ser apoiado em 2016.

Já em 2016, o Vozes das Comunidades da Vila Prudente com o apoio do fundador do jornal comunitário Fala Roça, Michel Silva, construiu seu novo portal, reformulou sua logomarca e o nome, passando-se a ser chamado de “Vozes da Vila Prudente” e pertencente ao Grupo Comunitário Vozes da Vila Prudente, cujo o objetivo é dar visibilidade às comunidades da Vila Prudente e os talentos e potenciais que nelas existem.